sábado, 8 de dezembro de 2012

Impressionnisme: Paris et modernité


Dei sorte, pois a fila de um dos maiores sucessos do Centro cultural banco do Brasil estava pequena!
Me questionei quanto a magnitude das peças que estariam expostas em Impressionismo: Paris e a modernidade, porém a passagem pelo local não poderia ter sido de maior deslumbre.
Em sua grande parte de pinturas a óleo a exposição traz 85 obras de grandes nomes como León Bonnat, Paul Signac, Vincent Van Gogh e Édouard Manet, que se encontram impecáveis, desde a pincelada a moldura que acolhe a obra. 

''A exposição se divide em vários módulos, que refletem este clima: Paris, cidade moderna; A vida parisiense e seus atores; Paris é uma festa; Fugir da cidade (que destaca a vida no campo nos arredores); A vida silenciosa (com telas intimistas, algumas com inspiração japonesa, egípcia ou medieval); e Convite à viagem ( com obras de Gauguin e seus discípulos, inspiradas na Bretanha) e, finalmente, Convite à viagem – O ateliê do Sul (que retrata a região do Sul da França).'' (Ministério da Cultura)

Entre as obras que mais me chamaram a atenção estavam Portrait of Fernand Halpen, Le Fifre, L'attente e Scéne de fete au Moulin Rouge.
Com a entrada franca, a exposição permanece até o dia 13 de janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário